Web Site

Avaliação MPS, nível G, no i3G em Florianópolis-SC

Por Instituto i3G | 22 de junho de 2013

Em 21 de maio de 2013, foi concluída a avaliação dos processos de software do i3G – Instituto de Governo Eletrônico, Inteligência e Sistemas, na sua unidade organizacional em Florianópolis-SC, seguindo o método de avaliação MA-MPS. A conclusão da avaliação é que a empresa atende aos critérios do nível G – Parcialmente Gerenciado do modelo de referência MR-MPS-SW. A avaliação MPS foi realizada pela Instituição Avaliadora (IA) Fundação Carlos Alberto Vanzolini, após implementação MPS feita com apoio da Instituição Implementadora (II) Incremental Tecnologia em Informática.
Grande desafio. “O Instituto i3G é uma instituição de pesquisa onde a independência dos coordenadores em relação ao desenvolvimento de um projeto tornou um pouco mais desafiador estabelecer um processo único para melhorar o desenvolvimento de software. Estar dentro de um grupo cooperado de empresas (SOFTEX/ACATE) para auxiliar as associadas no processo de conquista do modelo MPS-SW (Software) foi um item importante para a participação da nossa instituição. Por esta razão, descobrir talentos internos foi uma das melhores coisas que aconteceu durante o processo de implantação do modelo MPS de Software. A segunda melhor coisa foi desenvolver talentos internos, principalmente para os engenheiros do conhecimento (pesquisadores) que acabaram transformando-se em analistas de requisitos.

 

Ainda estamos verdes, mas como ressaltaram os avaliadores – não há pontos fracos! A instituição implementadora Incremental Tecnologia foi extremamente atenciosa e estimuladora durante todo o processo. Para obtenção do nível G do modelo de referência MR-MPS-SW tínhamos que melhorar a nossa gerência de processos e gerência de requisitos, dos 19 itens da gerência de projetos, somente 3 (largamente) não foram totalmente implementados. Da gerência de requisitos, dos 5 somente 1 ficou com L (largamente) implementado. Atingir este resultado com a estrutura que possuímos foi um grande desafio. Isso releva também o quanto o modelo MPS é democrático – na lista de empresas ‘certificadas’ estão as maiores empresas de desenvolvimento de software do país em tamanho e agora tem uma pequena instituição de pesquisa brasileira, mas grande em criatividade, generosidade e dedicação à ciência e agora também à qualidade” declarou o patrocinador da avaliação Tania Cristina D’Agostini Bueno – Presidente do i3G.

 

A equipe de avaliação foi formada pela avaliadora líder Sarah Kohan e pelo avaliador adjunto Nilson Salvetti, da Instituição Avaliadora (IA) Fundação Carlos Alberto Vanzolini. Não houve representante do i3G na equipe de avaliação.

 

 Avaliação MPS – Nível G no i3G

Parabéns. “Conhecer e avaliar o Instituto i3G foi uma atividade extremamente rica. A equipe do Instituto é altamente qualificada, composta de mestres, doutores e pós- doutores, muito comprometida não apenas com a melhoria interna de seus processos mas, com a melhoria de vida da pessoas, melhoria nas cidades e no mundo. Possuem uma rede de colaboradores internacional, dedicados a pesquisa e inovação. Parabéns para toda equipe do i3G!”, declarou a avaliadora líder Sarah Kohan.

O programa mobilizador MPS.BR é uma iniciativa brasileira lançada em dezembro de 2003, coordenada pela SOFTEX – Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro, que visa a Melhoria de Processo do Software Brasileiro, em todas as regiões do país, em um intervalo de tempo justo, a um custo acessível. O MPS.BR conta com investimentos das empresas e apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID/FOMIN) e SEBRAE. Informações atualizadas sobre o Programa MPS.BR e o Modelo MPS, incluindo metas e resultados alcançados, encontram-se no Portal SOFTEX < www.softex.br/mpsbr >.

O Programa MPS.BR tem 2 metas. A primeira meta é técnica, visando à criação e ao aprimoramento do Modelo MPS – composto de um Modelo de Referência (MR-MPS) e um Método de Avaliação (MA-MPS). O Modelo segue modelos e normas internacionais: está em conformidade com as Normas Internacionais ISO/IEC 12207 e ISO/IEC 15504, é compatível com o modelo CMMI, é baseado nas melhores práticas da engenharia de software e é adequado à realidade das empresas brasileiras e de países afins. A segunda meta é de disseminação do Modelo MPS no mercado, com a implementação do MR-MPS e avaliação MA-MPS tanto em pequenas e médias empresas (PMEs) como em grandes empresas públicas e privadas.

http://www.softex.br/mpsbr/_avaliacoes/avaliacao.asp?id=4895

Categoria: #Notícia

Sobre o autor(a):

Instituto i3G

E-mail

i3g@i3g.org.br

Veja o perfil completo do autor.

[ 0 ] Comentários

Deixe o seu comentário!